16Aug

Esporão Branco 2010 fica bem com…

Parecerá um cliché, mas a primeira frase que me veio à cabeça quando me pediram para fazer um post sobre a harmonização do Esporão Reserva Branco 2010 foi: “Esporão Reserva Branco 2010 fica bem com… quase tudo”!

É um vinho muito versátil com potencial para acompanhar diversos produtos e cozinhas, desde as regionais até às mais experimentalistas e, na minha opinião, presta-se também a situações tão diversas como um almoço de negócios de fato e gravata ou um BBQ (barbeque) em calções e T-shirt.

Talvez seja um handicap profissional, mas sou incapaz de provar um vinho sem pensar imediatamente em comida. Preciso sempre de encontrar um referencial alimentar: mal provo o vinho, sou transportado para uma mesa imaginária em que desfilam à minha frente diversos pratos.

O primeiro “flash” que tive quando provei o Esporão Reserva 2010 foi um tártaro de atum com tomate, citrinos e apenas um pouco de abacate, ligeiramente perfumado com menta, um prato com um carácter intenso embora suave e refrescante, tal como o vinho.

Muito embora pense que o seu parceiro ideal seja o Bacalhau Esporão, que servimos aqui no Enoturismo, com panadeira de batata (uma espécie de Gratin de Batata Alentejano feito apenas com batata, azeite, alho, orégãos, sal e pimenta). Mas, desta vez, o fiel amigo fez-me uma proposta mais arrojada: um bacalhau envolto em massa kataifi servido com uma tagine suave de legumes e molho de iogurte com hortelã e pistácios torrados.

Imaginei-me de seguida na costa Alentejana, a degustar um belo salmonete acompanhado de um puré de funcho com um toque (muito ligeiro) de açafrão e o “pico de gallo” (que aprendi a fazer com cozinheiros mexicanos), em que o tomate e a cebola roxa em cubinhos estavam ligeiramente temperados com sumo de lima e manjericão. Logo a seguir estava a comer um peito de pato exactamente com o mesmo acompanhamento e o mesmo vinho.

Mal consigo esperar pelo barbeque que fazemos todas as vindimas, aqui na Herdade, para experimentar a combinação do Reserva 2010 com um frango na brasa com lúcia-lima (do canteiro que fica aqui ao lado da Torre). E, para impressionar, uma sobremesa de pêras e pêssegos na grelha com uns biscoitos de gengibre e gelado de coco polvilhado com uma pontinha de caril!

Miguel Vaz

{ 2 comments… read them below or add one }

joao roquette 3 de December, 2011 at 13:12

*****

Reply

joao roquette 3 de December, 2011 at 13:13

cinco estrelas

Reply

Leave a Comment

{ 2 trackbacks }